Quarta-feira, 11 de Maio de 2011

Ainda se dão ao trabalho de comentar? xD

Acho extremamente fofo que ainda continuem a deixar comentários queridos nestes posts quase quatro anos depois de os ter escrito numas férias de verão particularmente paradas. Concordo inteira e completamente com tudo o que dizem! {#emotions_dlg.sarcastic}

publicado por tuga9890 às 19:23
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 1 de Agosto de 2008

Para verem que não sou só eu...

Há muito tempo que não posto aqui e não tenho grande intenção de o voltar a fazer, mas achei piada a isto:

 

Recentemente encontrei um site de reconhecimento facial. Neste site, insere-se uma fotografia de qualquer tipo e recebemos as celebridades que, de acordo com as caracteristicas faciais medidas se ajustam connosco. Depois de várias tentativas com a minha família, uma ideia quase brilhante veio à minha cabeça: Que melhor prova poderia haver que esta para provar que os Tokio Hotel parecem gajas???

 

Então inseri uma imagem das meninas e o resultado foi o seguinte:

 

 

 

 

Parece que já não sou eu, não é?

publicado por tuga9890 às 17:44
link | comentar | ver comentários (21) | favorito
Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

O Entrevistas de Sonho presta serviço público

Spot elaborado pelo blog para tentar alertar consciências perto daqueles fãs dos Tokio Hotel que, mesmo passado tanto tempo, ainda não perceberam bem o que é isto:

 

 

música: David Ford - "Song For The Road"
publicado por tuga9890 às 20:50
link | comentar | ver comentários (77) | favorito
Domingo, 9 de Setembro de 2007

Agora adoro o Chris Martin!

Já sou uma fã dos Coldplay há algum tempo, mas nunca fui muito com a cara do Chris Martin porque ele parecia um enjoadinho sem piada nenhuma e que se levava demasiado a sério. Mas há umas 2 ou 3 semanas passaram em Portugal o episódio onde ele aparece em Extras (mais uma série brilhante que ninguém devia perder). A participação dele é hilariante e só estou a postar isto agora porque encontrei ontem o vídeo no Youtube.

 

Vejam isto:

 

 

Já agora Extras dá aos Domingos à noite na RTP2.
sinto-me:
música: Plain White T's - Let Me Take You There
publicado por musicasemruido às 12:20
link | comentar | ver comentários (6) | favorito
Segunda-feira, 3 de Setembro de 2007

Especial Inferno

Um dia destes estava a passear pela rua quando, vindo do nada, me apareceu não outro senão o John Constantine. Falamos durante algum tempo, no entanto a certa altura ele informou-me que se tinha de ir embora porque tinha de entregar uma encomenda no Inferno. Foi então que tive uma ideia.

Perguntei-lhe se me aconteceria alguma coisa se eu o acompanhasse e ele garantiu-me que não e o que tinha visto no filme dele, não passava senão disso, um filme e que eu até me podia divertir.

Quando lá cheguei não havia ninguém na rua e o único sinal de vida que vi foi um homem sentado numa esplanada a beber um copo de lava. Aproximei-me mais e nem podia acreditar! Esse homem era nem mais nem menos do que o Kurt Cobain que, ao contrário do que eu estava à espera, concordou em dar uma entrevista com um grande sorriso.

 

Este foi o resultado:

 

Sara: Então Kurt? Como tens estado?

Kurt: Maravilhoso. Simplesmente maravilhoso. Nunca fui tão feliz enquanto estive lá em cima.

 

Sara: Como é a vida no Inferno?

Kurt: Muito melhor do que eu esperava. Lá em cima a maior parte das pessoas tem uma ideia errada do tipo de vida que se vive aqui e do tipo de pessoa que o Diabo é, mas na verdade as coisas não podiam ser melhores. Sim, claro que ás vezes não podemos com o calor e ás vezes a Lava nos tapa a porta, mas nós mas passado algum tempo uma pessoa já nem liga.

 

Sara: Deves estar contente! Desde que morreste os Nirvana venderam mais do dobro do que vendiam enquanto estavas vivo!

Kurt: Bem... eu tento não saber muito sobre o que se passa com isso, sabes? Ás vezes o 2Pac vai lá em cima gravar um álbum e conta-me essas coisas, mas sinceramente isso não significa nada. Nem sequer se pode ter papel aqui! Ele queima-se mal passamos pela porta de entrada, por isso... eles podem ficar com tudo. Eu não me importo.

 

Sara: Tens estado dentro da cena musical actual?

Kurt: Sim, vou estando. De vez em quando aparece-me uma coisa ou outra no correio.

 

Sara: Quem são as tuas bandas favoritas neste momento?

Kurt: Pá, gosto muito do Mika! Não consigo tirar aquela canção, a "Grace Kelly" da cabeça! Estou mesmo viciado! (começa a cantar) I could be brown, I could be blue, I could be violet sky...  Nem eu consigo cantar aquelas notas! O Diabo já me disse que se ele não fizer nada pela vida dele vem parar aqui, por isso estou contente.

 

Sara: Essa era outra dúvida que eu tinha. Estando no Inferno sabes quando é que as pessoas vão morrer e assim?

Kurt: Bem, eu, pessoalmente não sei, mas ás vezes o Diabo vai dizendo uma coisa ou outra quando sai comigo e com o meu grupo à Segunda à noite. Por exemplo, neste momento, para a Britney Spears se livrar de vir aqui parar tem de irradicar a pobreza na Africa, Ásia e América do Sul!

 

Sara: Tens feito muitos amigos?

Kurt: Montes! Nunca me senti tão integrado em toda a minha vida! Tive de morrer para dizer que finalmente conheço pessoas que me percebem! Por exemplo, o Adolf ali! Adolf!

 

(Hitler que passeia a poucos metros de distância junta-se a nós)

 

Hitler: Kurt! Ma Men! Como tens estado, pá?

Kurt: Isso pergunto eu, meu! Já não te viamos por aqui há algum tempo! Onde estiveste?

Hitler: Nada demais. Fui à zona dos poetas visitar o meu amigo Shakespear depois apareceu o Cervantes e... bem... não te vou dar mais pormenores.

Kurt: É melhor não! Aqui eu e o Adolf saimos sempre à Segunda com o nosso grupo de amigos, não é? Somos um dos grupos mais populares por aqui. Ás vezes o próprio Diabo aparece para nos fazer companhia.

Hitler: Rchtig, richtig. Ele é um ser muito simpático ao contrário do que as pessoas pensam. Muito sensivel.

Sara: Há algum português no vosso grupo?

Kurt: Não, mas no bar onde costumamos ir, trabalha um gajo chamado Salazar que faz um Stand Up de partir o coco! Hilariante mesmo! Uma vez convidamo-lo para beber connosco, mas ele estava com pressa porque tinha de actuar noutro bar, mas ele parece ser um gajo porreiro.

 

Sara: O que fazem para se divertirem?

Kurt: Montes de coisas! Como eu já disse, normalmente ás segundas-feiras o nosso grupo vai beber um copo. Ás terças é o dia do martirio, porque isto do Inferno não é só diversão e de vez em quando temos de ser castigados pelo que fizemos lá em cima e tal... Depois ás Quartas costumo ir ver o concerto da semana.

Sara: Que tipo de concertos têm no Inferno?

Kurt: De todos os tipos! A semana passada, por exemplo, tivemos o Beethoven em dueto com um grupo brasileiro chamado "Mamonas Assassinas" e foi muito divertido. Também já tivemos o John Spence... uma vez o Diabo conseguiu convencer o Elvis a vir cá abaixo cantar meia dúzia de canções... O meu amigo 2Pac também já deu um concerto. Agora eu e a minha nova banda também estamos a ver se conseguimos a nossa sorte.

 

Sara: Tens uma nova banda?

Kurt: Sim. É verdade. Sou eu, o Jim Morrison, o Chopin, o  Jimmy Hendrix e, claro o Adolf!

Sara: O Senhor Hitler também toca?

Hitler: Ja, ja. Sou o baixista e canto as back vocals. Demorei um bocado a aprender, mas com a ajuda do Kurt cheguei lá. Já temos uma base de fãs bastante consideravel. Claro que o Mussolini e o Rasputine, que são grandes amigos meus, têm ajudado a promover a banda, mas começamos há relativamente pouco tempo, não podemos querer que tudo aconteça de repente.

Sara: E qual é o papel do Chopin no meio disto tudo?

Kurt: Toca teclado, o que mais poderia ser? Tentamos pô-lo na bateria, mas ele não conseguiu aprender. Por sorte nessa altura conhecemos o Jimmy e ele aceitou o lugar. Temo-nos divertido imenso! O Diabo já nos confesou que gosta muito da nossa música.

 

Sara: Vocês conhecem o Diabo pessoalmente?

Kurt: Claro! Ele costuma vir connosco á segunda-feira. É um tipo muito engraçado. Todos temos uma ideia errada sobre ele. Ele gosta de música clássica, de fazer os outros rir... Muito fixe mesmo!

Hitler: O Jim está atrasado não está?

Sara: O Jim Morrison vai aparecer?

Kurt: Espero bem que sim. Vamos trabalhar em algumas canções. O Chopin e o Jimmy não vão poder aparecer porque é o dia de martirio deles, mas está tudo combinado com o Jim. E ele ali está!

 

(Jim Morrison senta-se na mesa e cumprimenta os outros dois)

Jim: Hoje está um calor dos diabos!

(Hitler e Kurt riem-se)

 

Sara: O que é mais divertido no Inferno?

Jim: As pessoas. Fiquei surpreendido como toda a gente se dá bem quando não está ninguém bêbado. Aqui não há álcool, só há lava, por isso todos acabamos por nos entender muito melhor do que lá em cima. Arranjamos sempre novos amigos.

 

Sara: E quem foi a melhor pessoa que apareceu aqui?

Jim: Anna Nicole Smith! Defenitivamente! Já a conhecemos e tudo porque ela mora na minha zona das pessoas que morreram de Overdose. Ela vem ver os nossos ensaios e isso tudo e a estupidez dela é engraçada.

Kurt: Condordo! A Anna é a melhor aquisição do Inferno nos últimos tempos

 

Sara: Senhor Hitler, sente-se arrependido pelo que fez aos Judeus?

Hitler: Vá lá! Chama-me Adolf! Sabes... arrependo-me 3 dias por semana, porque, devido aos meus crimes tenho 3 dias de martirio, mas de resto nem por isso, porque se eu não tivesse feito o que fiz nunca tinha conhecido o Kurt ou o Jim.

Kurt: Tenho de concordar com isso. Os dias de martiro são chatos, mas passam-se. Pensei que seria pior. Com tudo o que nos contaram sobre o Diabo... e por falar no Diabo!

 

(Diabo passa pela mesa e cumprimenta toda a gente)

 

Jim: 'Tás um bocado pálido meu! O que se passa?

Diabo: É o trabalho. Tem chegado muita gente. Por acaso acabei de chegar de uma reunião com o Director Geral do Purgatório e ele também está com as mãos cheias. Não sabe o que há-de fazer com 60% das pessoas que tem por lá... e claro ainda estamos a decidir se o Pete Doherty deve morrer já de Overdose ou se devemos esperar para ver se ele se endireita... é muito dificil, muito dificil...

Kurt: Esse Doherty é aquele gajo meio maluco não é? Até podia resultar na nossa banda... vê lá o que fazes com ele... E o Hugh Hefner? Ainda não está resolvido?

Diabo: Ainda não... se continuar assim ele vai chegar aos 500 anos...

Hitler: E o Manson?

Diabo: Esse daqui a pouco já vem para aqui. Já está decidido...

 

Sara: Bem... muito obrigada pela conversa, mas agora já se está a fazer tarde, por isso...

Diabo: Não te preocupes! Dentro em breve voltaremos a ver-nos!

 

Sara: Ah... esperemos que não...

 

sinto-me: a arder
música: The Beatles - "Rain"
publicado por tuga9890 às 20:52
link | comentar | ver comentários (14) | favorito
Sexta-feira, 31 de Agosto de 2007

Oasis - "We Are Family"

Vamos ser honestos! Se não conhecem os Oasis é porque o vosso conhecimento musical é ridiculo. Sendo uma das maiores bandas dos anos 90 é dificil arranjar uma entrevista, principalmente se os dois irmãos Noel e Liam estiverem juntos, mas eu, não tendo mais nada para fazer, consegui juntar os dois, sem o seu conhecimento, na mesma sala e fazer algumas perguntas.

 

Este foi o resultado.

 

Sara: Olá Noel! Está tudo bem contigo?

Noel: Nem por isso... quando estava a vir para aqui passaram uma música dos Blur na rádio e ainda estou meio enjoado...

Sara: Acontece a muita gente...

Noel: Mas vamos começar com a entrevista ou quê? Eu não tenho tempo para isto! Tenho coisas mais importantes para fazer! A relva não se corta sozinha!

Sara: Estamos só à espera de outra pessoa para a entrevista...

Noel: (saca uma arma do casaco, carrega-a e depois limpa-a cuidadosamente) Quem?

 

(Liam entra na sala a mancar e para ao ver o irmão)

Liam: Que raio de merda fodida é que 'tá aquele filho da puta a fazer aqui?

Sara: Pensamos que seria mais produtivo que dois membros da banda estivessem presentes.

Noel: Por mim tudo bem... mas se ele sair da linha... não vou ser eu a falar, vai ser ela. (aponta para a arma em cima da mesa)

Liam: Odeio-te, meu! Não consigo olhar p'ra merda da tua cara! Porque raio é que estás a usar uma camisa azul, filho da puta? Tu sabes que eu odeio azul! Recuso-me a dar esta entrevista enquanto aquele filho da puta estiver a usar aquela camisa!

Noel: (paga na pistola e aponta-a a Liam) Não insultes a mãe, cabrão de merda!

(Liam atira-se para o chão com as mãos a tapar a cabeça e senta-se na cadeira ao lado do irmão)

Noel: Começa com a entrevista. O Manchester City joga ás 6 e ás 9 tenho de ameaçar os donos do clube para o poder comprar...

Sara: O Manchester! Então deves conhecer o Cristiano Ronaldo!

Noel: Tenho uma vaga ideia de o tentar matar... e tenho outros planos para matar a próxima pessoa que pensar que o Manchester United e o Manchester City são a mesma equipa.

Sara: Desculpa...

Noel: Não me peças desculpa a mim. Pede ao proximo gajo que me disser o que tu acabaste de dizer e que podia continuar vivo se tu tivesses ficado calada.

 

Sara: Há quem diga que a maior banda dos anos 90 foram os Nirvana e não vocês. Têm alguma coisa a dizer sobre isso?

Noel: Concordo.

Sara: Concordas?!

Noel: Sim, concordo. Porque é que estás tão admirada? Nós não somos a maior banda dos anos 90, somos a melhor banda de sempre. Esse Kurt era um gajo engraçado...

Sara: Porque dizes isso?

Noel: Passou a vida toda a dizer que não tinha medo de se matar, por isso, um dia fui ter com ele a Seattle e fiz-lhe essa mesma pergunrta, se ele não tinha medo de morrer e ele continuou com a mesma conversa. Disse que se calhar até era melhor morrer do que viver neste mundo onde ninguém o compreendia. Eu comecei-me a rir e disse-lhe: "Pá, se isso é verdade, escreve uma carta de suicidio." E o morcão escreveu-a e espetou-a na minha cara todo orgulhoso.

Sara: Estavas com o Kurt Cobain quando ele escreveu a carta de suicido?

Noel: Deixa-me acabar que eu ainda não contei o melhor!

Sara: Está bem, desculpa...

Noel: Portanto, ele escreveu a carta e estava muito feliz com ele mesmo. Então eu reparei que o gajo tinha uma caçadeira em cima da mesa. Perguntei-lhe se a podia ver e ele disse que sim. Aquela merda estava caregada, por isso eu dei-lhe um tiro! (Noel e Liam começam-se a rir) Tu havias de ver! O gajo começa a berrar e chorar a perguntar-me porque raio é que eu tinha feito aquilo! (Liam cai da cadeira) Então eu olhei para ele e disse: "Então? Não te querias matar? Aí tens!" Hilariante!

Sara: Isso não é um bocado... sei lá... cruel?

Noel: Por acaso tens razão... se eu não tivesse feito isso, hoje em dia ninguém se lembrava quem raio eram os Nirvana...

Liam: Isso é verdade!

 

Sara: Está bem... Sei que estão a trabalhar num álbum novo. Como está a correr?

Noel: Melhor do que eu estava à espera! Até agora escrevi 8 canções boas e 18 excelentes.

Liam: Exactamente!

 

Sara: E qual é o tema dessas músicas?

Noel: Basicamente 4 delas falam do quanto eu odeio os Keane e dão conselhos muito bons sobre a melhor maneira de os matar, cerca de 7 foram feitas para pegar na confiança das novas bandas britânicas e arrastá-la na lama para eu não ter de ouvir a merda das músicas delas na rádio, 3 falam das várias razões pelas quais eu sou o maior génio do nosso século e o resto é de amor, logo vão as únicas que a Editora vai pôr na merda do álbum.

Liam: Sim! É isso! Meda! Odeio essas merdas!

Noel: Cala a merda da boca Liam! Fala quando falarem para ti, percebeste? 

Liam: Eu falo quando quiser filho da puta!

Noel: (volta a pegar na pistola) Tens a certeza?

(Liam cala-se)

Sara: Têm ambos filhos, como é a vossa relação com eles?

Noel: Vejo a minha filha 2 vezes por mês e chega. Ela é uma chata do caraças! Sai à puta da minha ex-mulher!

Liam: Eu tenho filhos?

Sara: Acho que sim...

Liam: Como raio é que eu não me lembro de os ter conhecido?

Noel: Não fumes tanta ganza e pode ser que um dia te começes a lembrar de cenas tipo pagar a conta do telefone e visitar os teus filhos...

 

 

Sara: Com o vosso nivel de sucesso já devem ter estado em quase todo o mundo. Qual foi o vosso lugar preferido?

Noel: Bem... se queres que tiga não gostei de lado nenhum... o máximo que te posso fazer é dar uma lista dos lugares que mais odiei...

Sara: Pode ser...

Noel: Muito bem... um dos lugares que mais odiei foi Portugal porque, embora goste de atirar garrafas de vidro a pessoas que não gosto, apanhar com elas em cima não é o meu desporto preferido... depois tenho de dizer que Tóquio foi bastante merdoso principalmente por causa de um hotel onde estive...

 

(uma rapariga de 12 anos entra na sala)

Rapariga: CABRÃO! FILHO DA PUTA! ESTÚPIDO! QUEM PENSAS QUE ÉS PARA DIZER MAL DESSE HOTEL EM TÓQUIO? ISSO FOI UMA INDERECTA PARA OS TOKIO HOTEL NÃO FOI? BLUMEN! BIENE! MAUS!

 

(Noel dá-lhe um tiro)

Noel: Não, não era, mas também não gosto muito deles, por isso serve. Mas, como eu estava a dizer, os lugares...

Liam: Meu! Acabaste de matar uma pessoa!

Noel: Com 3 milhões de libras os pais esquecem-se que tiveram uma filha. Não te preocupes com isso. Portanto...

Liam: Tens a certeza?

Noel: Claro que tenho Liam, cala-te! O lugar que mais odiei no mundo foi a América. Simplesmente detestei. Odiei toda a gente que conheci, odiei o lugar... odiei tudo...

 

Sara: Recentemente disseste que achavas que o novo projecto do Damon Albarn, os "The Good, The Bad And The Queen" tinha uns arranjos fixes. Isso quer dizer que a vossa guerra está a acabar?

Noel: (ri-se) Eu só disse isso para ver se o cabrão vinha ter comigo a um lugar privado para lhe enfiar um tiro nos cornos. Nunca tive essa oportunidade e gostava de um dia morrer descansado por saber que matei o Damon Albarn.

 

Sara: Há alguém de quem gostes neste momento?

Noel: (fixa o tecto durante 10 minutos) Eu ia dizer que gostava da minha mãe, mas ela não me fez a cama a semana passada por isso... É mais fácil dizer as pessoas que odeio...

Sara: Eu sei, mas era diferente se dissesses de quem gostas...

Noel: (volta a fixar o tecto mais 20 minutos) Há um cão na minha rua...

Sara: Pessoas...

Liam: Pá! Caralho! Não gostas de mim?

(Noel ignora-o)

Noel: Acho piada ao Bin Ladden... isso conta?

Sara: Pode ser...

Sara: E vocês os dois? Já gostam um do outro?

Noel: Alguma vez, durante esta entrevista, algum de nós mostrou o minimo sinal de amor ou carinho um pelo outro?

Sara: Nem por isso...

Noel: Daí que essa seja a pergunta mais estúpida de sempre...

 

Rapariga: (acorda) Tu deste-me um tiro! Deste-me um tiro! MÃE!

(Noel levanta-se, dá um pontapé na cara da rapariga e sai da sala)

Liam: Tipo, não devias ter feito isso!

Noel: Achas que não?

Liam: Acho!

 

(Noel dá um murro a Liam. Liam responde. Os dois começam a lutar)

Sara: Bem... acho que me vou embora... obrigada pela entrevista!

Noel: És um cabrão!

Liam: Não! Tu é que és!

Noel: Vou dizer à mãe!

 

sinto-me:
música: Oasis "The Meaning Of The Soul"
publicado por tuga9890 às 19:08
link | comentar | ver comentários (16) | favorito
Quarta-feira, 29 de Agosto de 2007

A primeira coisa verdadeira que publicamos no blog!

Já devem ter reparado que este blog tem 2 autores: a Sara (também conhecida como tuga9890) e eu.

 

Vou ser sincera. Eu não tenho a imaginação da minha irmã, por isso o que me cabe a mim neste blog é fazer posts sobre situações reais. Entrevistas ou citações que são verdadeiras, mas que parecem mesmo saidas de um filme.

 

Nos últimos tempos tenho trabalhado em citações do Noel Gallagher dos Oasis que, quando abre a boca, raramente o faz para ser simpático e é conhecido por ser extramamente arrogante (no bom sentido). É o Mourinho do Rock, se quiserem. A Sara está a trabalhar numa entrevista sobre os Oasis, por isso fiquem com alguns exemplos para a perceberem melhor: (isto é mesmo verdadeiro)

 

 

"Nós não somos arrogantes, simplesmente acreditamos que somos a melhor banda do mundo."

 

"Ninguém me pode odiar, pois não? É impossivel odiar-me! Eu sou amoroso! (coça o nariz) Mas toda a gente odeia o Liam!" (irmão mais novo e vocalista principal dos Oasis).

 

"Eu podia sair do hotel e provavelmente pôr-me no meio da Broadway nú e toda a gente iria olhar para mim e perguntar: "Quem raio é aquele gajo?" (sobre a fama na América)

 

"Nada me chateia mais do que bandas como os Pearl Jam ou os Nirvana que estão sempre a ganir e queixar da vida e do facto de serem famosos. Deixem que vos diga que ser famoso é óptimo! O que sentes quando alguém te pede um autografo, inacreditavel! Simplesmente acho que os Americanos já estão fartos de pessoas que lhes dizem que a vida deles é uma merda. Acho que quando as pessoas ouvem a nossa música, lhes dizemos quão boas as vidas deles poderiam ser. Não consigo perceber isso. Tipo, miúdo, se odeias assim tanto o teu emprego porque é que não vais vais lavar carros ou para a merda do McDonald's?" 


"Estou contente por ter vivido tempo suficiente para ver a pior banda de sempre" (sobre os Sum 41)

 

"Nos Oasis (os outros) não se drogam. Eu e o Liam sim".

 

"O Liam está a deixar a banda neste momento. O Liam está SEMPRE a deixar a banda. Está a chover hoje, por isso ele vai deixar a banda porque está a chover. (começa a imitar o irmão) "Porque é que está a chover? Caralho! É agora! Já estou cheio disto, vou-me embora!" E eu estou lá sentado e digo (todo contente) Está bem! Eu vejo-te depois! Adeus! Ele já ameaçou desistir em Minneapollis porque eu não queria ir a um pub com ele!"  

 

"Honestamente espero que eles apanhem todos SIDA e morram!" (sobre os Blur)

"Eu nem sequer consigo andar direito quanto mais guiar um carro!"

 

"E então?! A nossa relação não mudou. Abandonamos digressões, lutamos, mas mesmo assim arranjamos maneira de continuar juntos. Para ser muito honesto, não sou a sua pessoa preferida e nem ele a minha."

 

"Não, mas ele liga-me às 4 da manhã para me insultar. Mas estamos a entrar numa fase nova e (possivelmente) perigosa. Ele acabou de comprar a primeira casa de campo e é no fundo da rua da minha! A ideia de que pode agora aparecer-me à porta, ás 4 da manhã, a passar-se, está a assustar-me... e à minha mulher.

Ouvi dizer que o preço das propriedades na zona está a descer."

 

E foi a minha estreia. Espero que tenham gostado!

sinto-me:
música: "Change Your Mind" - The Killers
publicado por musicasemruido às 15:15
link | comentar | ver comentários (5) | favorito
Terça-feira, 28 de Agosto de 2007

Rihanna- Por favor não ponhas no Replay!

Rihanna nasceu nos Barbados e não chateava ninguém até que um dia um certo senhor que por lá passava férias chamado Jay Z  decidiu que ela tinha o que precisa para entrar no Mainstream e, numa decisão que afectaria o mundo que estava para vir, contratou-a.

O que seria do mundo se nunca tivessemos que lidar com a Rihanna? Coisas boas de certeza. Um destes dias fui ter com ela ao iate do Jay Z onde ela passava férias sem o conhecimento do dono...

 

Sara: Olá!

Rihanna : (murmura para o agente) Tenho de dizer olá?

Agente: É melhor. As pessoas têm de acreditar que a menina sabe cumprimentar pessoas.

Rihanna : (suspira e faz um sorriso forçado) Olá ..

 

Sara: Como tem sido a vida? Quer dizer... a tua canção está em primeiro lugar  á quase 1000 anos! Deves estar cheia de trabalho!

Rihanna : (dá um gole no copo que tem ao lado dela e cospe o conteúdo de imediato) Paul! O que é isto?

Agente: Bem... não sei...

Rihanna : Quem pôs isto aqui?

Agente: Foi a Maria... a empregada do Jay ... o que se passa?

Rihanna : Tem 4 cubos de gelo! Eu acho que falei muito claramente quando disse que queria 3 cubos e meio! Despede-a!

Agente: Mas ela é empregada do Jay Z não a podemos despedir. Ela já trabalha aqui há quase 10 anos!

Rihanna : Queres que eu te despeça a ti, Paul? Manda-a embora! Diz ao Jay que ela me tentou matar, não quero saber!

Agente: Sim senhora...

(Agente sai e Rihanna bebe o resto da bebida como se nada tivesse acontecido)

 

Rihanna : Desculpa... estas empregadas russas são um pesadelo! O que estavas a perguntar?

Sara: Se tens tido muito trabalho com o sucesso de "Umbrella"...

Rihanna : Oh meu Deus! Imenso! Nem sabes! Um dia destes tive que assinar um autografo a uma pirralha pindérica de 10 anos que não parava de chorar! Parti uma unha! Olha! (mostra a mão). Depois tenho sempre os Papparazzi á minha volta e eles não me deixam descansar!

Sara: Não vi nenhum...

Rihanna : (põe os óculos de sol) Bem... eles est ão muito bem escondidos, não é?

 

Sara: Pois... O teu novo single chama-se Shut Up And Drive " (Cala-te e Desaparece) Quando é que vais seguir o teu próprio conselho?

Rihanna : Assim que o Jay-Z largar aquela pindérica da Beyoncé e começar a manter-me. Achas mesmo que eu gosto de desperdiçar o meu tempo e a minha voz com este público ingrato?

 

Sara: Mas numa entrevista tinhas dito que a Beyoncé era o teu modelo a seguir...

Rihanna : E também disse que gostava muito dos meus fãs! Por favor! Não se pode levar as entrevistas a sério!

 

Sara: Os Plain White T's roubaram-te o 1º lugar nos Estados Unidos e o Timbaland no Reino Unido. Isso afectou-te de alguma maneira?

Rihanna : Claro que não! Amanhã peço ao Jay para comprar as tabelas. O primeiro lugar está em saldos. Por 100.000 dólares estás outra vez lá em cima. Agora é a altura perfeita para Jamaicanos de 360 kilos se tornarem grandes.

 

Sara: Disseram-me que tens tido muito sucesso no Canadá ..

Rihanna : És cega? Eu tenho tido sucesso por TODO o mundo. Toda a gente me adora!

Sara: Peço desculpa...

Riahnna : DESCULPA??? ACHAS QUE É ASSIM QUE SE TRATA UMA ESTRELA? PUTA! CABRA! ESTÚPIDA!

 

(agente da Riahnna entra com uma injecção e espeta-a na perna dela)

Agente: Peço desculpa... ela tem uma personalidade um pouco... bem... ela já vai acalmar... se pudesse esquecer este incidente...

Sara: Para que foi a injecção?

Agente: Não foi nada! Foi só uma ajuda para ela se acalmar, sabe? Temos uma imagem a manter e, com o feitio dela torna-se difícil , por isso o senhor Jay resolveu começar a utilizar estes tranquilizantes... parece que já está a acordar. Não vos vou prender mais. Só vou ficar aqui para o caso de acontecer mais alguma coisa...

 

 

Sara: Há quem diga que não passes de uma cópia mal feita da Beyoncé O que tens a dizer sobre isso?

Riahnna : Sim... sim. A Beyoncé ... que querida... a Beyoncé .. gosto muito dela... da Beyoncé ..

Sara: Mas ainda h á 5 minutos disseste que a achavas uma pindérica...

Rihanna: Eu? Claro que não... adoro... adoro... a Beyoncé ..

Agente: (murmura) Não ligue. Isto é do tranquilizante... ela já fica bem. Continue.

 

Sara: Muito bem... Normalmente os teus álbuns têm um ou dois singles de sucesso e depois mais ninguém volta a ouvir nada sobre ti nos meses seguintes. Achas que devias mudar isso?

Rihanna :: Sim... sim... mudar... mudar é bom... eu gosto de mudar... mudei há 2 anos... eu era puta sabias? Mas depois de um broche ao Jay-Z sou a maior estrela do mundo!

Agente: Riahnna! Lembra-te do que o senhor Jay-Z disse sobre essa história! Mais uma vez peço desculpa. O tranquilizante é forte... é melhor fazer perguntas mais simples.

 

Sara: Está bem... Quanto é 2x1 ?

Rihanna : : (olha para os dedos confusa e começa a contar) Hum... 2x1 ... vamos ver... hum...

Agente: Sabe... se não lhe fizesse perguntas sobre escola e tudo isso... é que ela começou a carreira muito cedo e não frequentou muito essa instituição...

 

Jay Z e Beyoncé entram no iate)

 

Jay Z : Yo , yo , yo ! Tu, tipo, yo , yo , yo , não podes, yo , tá s a ver, yo ? Não podes tar aqui, yo! Tipo, yo , quem te deixou, yo , do tipo, yo , entrar no meu, yo   blitzkrieg bop ! 'Tás a ver, yo?

Beyoncé Jay ! Fofo! Eu não a quero aqui! Eu não gosto dela! Manda-a matar, jay-jay !

Jay Z : Yo , yo , yo , mas B ... yo ... ela dá-nos, tipo, yo , muito dinheiro, yo . E, yo , eu preciso desse, tipo, tás a ver... yo ... dinheiro... para comprar o primeiro lugar, yo para o disco de merda , yo , que vou lançar este ano, yo . Tipo... vai ser no 11º mês, yo . Nesse mês, yo , os primeiros lugares, yo , são caros... yo . Depois também tenho, yo , de te comprar, yo , o teu primeiro lugar, yo!

Beyoncé Nem acredito que estás a dizer isso! Eu sou a maior estrela do mundo! Eu não preciso que TU me compres o primeiro lugar, porque eu consigo-o!

Jay Z : Yo ! Mas B ... yo ... 'tás a ver... yo ... o teu último disco só vendeu 10 cópias, yo ... e eu tive de comprar 1 milhão deles para conseguires chegar a 1º, yo ...

 

Riahnna olha para cima e vê Jay Z e Beyoncé pela primeira vez)

Riahnna : Paul! Eu não gosto daquela puta! Manda-a embora do meu iate!

Agente: Bem... estás a ver Riahnna ... este iate não é teu... é do Senhor Jay Z ...

Beyoncé A quem pensas que est á s a chamar puta ?

 

(Beyoncé começa a puxar o cabelo de Riahnna e as duas começam a lutar uma com a outra. Pouco tempo depois caem ao mar. Jay Z e o agente da Riahnna vão buscar ambos injecções e também saltam borda fora.)

 

Sara: Bem... acho que me vou embora... obrigada pela entrevista.

Jay Z : Yo , yo , yo ... tipo, yo ... como é que usas isto, yo ?

Agente: Tem de tirar a tampa e espetar a agulha na pele est á a ver?

 

sinto-me:
música: Paolu Nuttini - "Million Faces"
publicado por tuga9890 às 12:08
link | comentar | ver comentários (22) | favorito
Domingo, 19 de Agosto de 2007

Para os fãs [de Tokio Hotel] que ainda não perceberam

Vamos esclarecer isto de uma vez por todas!

 

Sim, é verdade que não sou grande fã dos Tokio Hotel. Estou dentro do meu direito, tal como vocês estão no vosso de gostar. Agora, não pensem que eu só não gosto deles por não gostar. Já ouvi a maior parte das músicas deles, vi os videos todos, li sobre a banda, mas simplesmente não consigo gostar. Acho que eles não trazem nada de novo e, na minha humilde opinião, o som deles já foi feito demasiadas vezes para o meu gosto. Resumindo, acho a música deles chata.

 

Agora, não é por não gostar do som deles que eu tenho alguma coisa contra a banda. Sendo uma grande fã de uma pequena banda de Montreal chamada Simple Plan sei muito bem como é quando criticam a nossa banda. Mas há uma coisa que têm de aprender. O que interessa é o que vocês pensam. Se vocês acham que os Tokio Hotel são a melhor banda do mundo, então é porque é. Eu não vos vou tentar convencer do contrário, porque sei que é impossivel. Se gostam tanto deles como eu gosto dos Simple Plan é o mesmo que convencer um peixe a cantar!

 

A entrevista teve como único objectivo divertir as pessoas, não de as fazer odiar a vossa banda. Quem não gosta da banda, não gosta e quem gosta (a não ser que seja um fake) não vão passar a gostar menos só porque numa parte eu disse que o Hitler a usava para torturar os Judeus. De que raio é que vos serve criticar-me? Acham que eu vou começar a chorar e apagar o blog só porque algumas pessoas me disseram que ele era uma merda e que eu era uma grande puta e uma estúpida? Isso só me vai fazer ter uma ideia errada do tipo de fãs que eles têm. Se eu fosse chamar nomes a toda a gente que critica os Simple Plan ou os My Chemical Romance já tinha um lugar reservado no Inferno!

 

Por isso vejam se se acalmam e aceitam que é obvio que nem toda a gente gosta da vossa banda preferida e lembrem-se que não é a mim que me estão a ofender, mas sim aos Tokio Hotel.

 

Tentem ficar bem!

 

Sara

 

música: Simple Plan - "I Won't Be There"
sinto-me:
publicado por tuga9890 às 21:11
link | comentar | ver comentários (39) | favorito
Quarta-feira, 15 de Agosto de 2007

4Taste - "Uma banda?"

Saidos directamente de uma coisa chamada "Morangos Com Açucar ", os 4Taste consideram-se (ninguém sabe ao certo porquê) uma banda Punk Rock e não percebem porque é que mais ninguém pensa como eles.

 

Resolvi ir ao encontro deles para lhes tentar explicar o que era o género musical e este foi o resultado:

 

Sara: Olá ..

Edu (ou lá como se chama o gajo): (a cantar) Sei que vou mais além do que manda a própria lei...

Sara: Essa música não era dos outros?

Edu : De quem?

Sara: Dos Anjos...

Edu : Acho que não... eu lembro-me perfeitamente de a ter escrito.

Sara: São vocês que escrevem as vossas próprias canções?

Edu : Eu decoro-as... já dá muito trabalho...

Sara: Então essa canção não é tua...

Edu : (olha para o chão) Não...

 

Sara: Bem... vamos despachar isto... Como se definem musicalmente?

Jota: Hard Rock. A nossa música tem esse lado pesado que faz o  Marilyn Manson parecer uma menina assustada...

Sara: Já não se consideram Punk Rock?

Jota: Punk Rock? Pode ser! Á nossa beira... os... (olha para o tecto alguns segundos) os... bem... as bandas de Punk Rock parecem ratinhos assustados!

Sara: Portanto consideram-se mais Punk Rock do que os Sex Pistols ?

Jota: Esses são Punk Rock?

Sara: Há quem diga que sim...

Jota: Então é verdade! Somos mais Punk Rock e temos as letras 1000 vezes melhores do que esses gajos... nunca ouvi falar deles... são uma banda nova?

Sara: Nem por isso... formaram-se em 1975...

Jota: Que se lixe! Somos mais Punk Rock que eles!

 

Sara: Começaram a vossa carreira em "Morangos Com Açúcar "...

Sérgio: Vês a novela?

Sara: Sempre que passo por lá estão a falar de vocês, por isso nem me dou ao trabalho de desperdiçar o meu tempo...

Sérgio: Mas devias! Os Morangos ensinam coisas muito importantes aos adolescentes!

Sara: Tipo o quê?

Sérgio: Ensina-os a comprar os nossos cds em vez de fazerem download ilegal da internet, ensina-os que toda a gente deveria começar a actividade sexual aos 14 anos e que se és gorda te devias enforcar e deixar os magros viver em paz sem terem de se cruzar contigo e com as tuas banhas! Tudo serviço público!

 

Sara: Não é meu tipo de programa... Voltando á pergunta... Acham que "Morangos Com Açúcar " foi a principal razão para o vosso sucesso?

Edu : Claro que não! Temos sucesso porque eu sou todo bom e as gajas caem todas aos meus pés. Para além disso sou o melhor guitarrista deste século e a minha voz faz o gajo dos Strokes ... como é que ele se chama?

Sara: Julian Casablancas ...

Edu : Esse! Fazem esse gajo parecer o meu cão a uivar á s 3 da manhã e, claro, as nossas letras fazem o gajo daquela banda, sabes? Aquela banda que até mudou os anos 60 ou qualquer coisa do género!

Sara: Os Beatles?

Edu : Sim! Como se chamava o gajo dessa banda que depois até morreu?

Sara: John Lenon ...

Edu : Sim! Faz com que esse pareça um pirralho de 4 anos a escrever canções!

Sara: Mas tinhas admitido que não eram vocês a escrever as vossas canções...

Edu : Mas tu não vais pôr isso na entrevista, pois não? Nós tocamos na tua festa de anos com um desconto de 30%! O que dizes?

Sara: Não obrigada. Já vou ter as obras dos vizinhos do terceiro andar. São melhores.

Edu : Fica a proposta.

 

Sara: Fiquei espantada quando soube que vocês tinham esgotado concertos no Japão... Como foram esses concertos?

Sérgio: Uma loucura! Não concordam?

Edu : Completamente! Tipo nós tínhamos ido ao Japão promover "Morangos Com Açúcar " e não o nosso projecto e, então, a meio da viagem, fomos a um restaurante japonês. Até aqui tudo bem! Então, no fim do jantar, como não estamos muito habituados a esse tipo de comida, tivemos que ir á casa de banho. Foi então que o Link teve a ideia de levarmos os nossos intrumentos e começar a tocar enquanto estavamos a fazer diarreia! Devias ver! Em 10 minutos tinhamos esgotado a casa de banho!  á não cabia ninguém lá dentro!

Sérgio: Depois começamos a fazer isso por todas as casas de banho por onde passavamos e fizemos disso a nossa primeira digressão japonesa.

Sara: Portanto, os concertos que esgotaram no Japão foram em casas de banho?

Edu : Sim... mas tu já viste o tamanho das casas de banho no Japão? Uma coisa enome! Tinhamos uns 20 japoneses a gritar e a vibrar com a nossa música.

Sara: E têm a certeza que eles não vos estavam a mandar calar?

Edu : Pois... isso já não sei, mas que esgotamos as casas-de-banho , esgotá-mos! 

 

 

Sara: Que mensagem queriam passar com este á lbum?

(olham todos uns para os outros e murmuram qualquer coisa)

Link : Queriamos alertar para os problemas em Darcur . Nós preocupamo-nos com a Asia e por isso quisemos fazer um álbum que alertá-se... sabes como é... que alerta-se para algumas questões... nomeadamente essa, porque nós preocupámo-nos com pessoas e cenas assim, tás a ver?

Sara: Darcur ? Nunca ouvi falar... não estão a falar de Darfur ?

Link : Também pode ser! Nós preocupámo-nos com todo o tipo de coisas!

Sara: Mas se estão a falar mesmo de Darfur deviam saber que é uma zona do Sudão na África...

Link : Toda a gente comete erros não é? Se não pusesses isso na entrevista arranjáva-te um papel em Morangos Com Açucar ! Se não o quiseres, podes dá-lo a alguma amiga ou familiar que o queira...

Sara: Não... obrigada...

Link : Tu lá sabes...

 

Sara: Porque é que chamaram a banda 4Taste ?

Edu : Espera! Acho que o José Eduardo Moniz nos escreveu essa resposta. (tira um papel do bolso e examina-o) Ele também sugeriu algumas perguntas que poderias fazer-nos, se quiseres dar uma olhadela.

Sara: Talvez mais tarde...

Edu : Qual era a pergunta mesmo?

Sara: Porque é que se chamam 4Taste ...

Edu : Ah! Está aqui! Vamos lá ver se eu consigo perceber a letra dele. "O nome da banda vem do facto de os 4 membros terem gostos diferentes... " Ah! "Taste" é sabor! Ah! Já percebi... Depois eu tenho de sorrir... pronto... est á bem... e digo que, para mim,  esta banda tem um sabor especial.

Sara: Mas se esse é mesmo o significado do nome da banda, não deveria estar no plural? Tipo 4Tastes . 4Taste não faz muito sentido...

Edu : Não me perguntes a mim! Eu só dou a imagem! Não percebo absolutamente nada de inglês! Se calhar agora devias fazer as perguntas que o senhor Moniz nos deu... sabes, eu tenho medo que ele nos ponha na rua e assim resolvemos já o assunto...

 

Sara: Pode ser...

Edu : Pronto! Toma!

 

Sara: Venderam milhões de álbuns por todo o mundo. (Muito mais do que a Floribella ou algum projecto musical de canais da concorrência tenha feito) A quem gostariam de agradecer por isso?

Sérgio: Agora temos de ler o que ele escreveu, não é?

Link : É.

Edu : Eu leio! Não há crise! Afinal toda a gente me diz que a minha voz é inacreditavel ! Então... "Temos de agradecer á TVI e à equipa de "Morangos Com Açucar " por nos terem inspirado tanto e temos que enviar um agradecimento especial aos fãs da maior telenovela jovenil do Mundo por comprarem o nosso excelente álbum. E já agora gostariamos de lembrar que a última moda é comprar o mesmo cd pelo menos 5 vezes seguidas, por isso corram para as lojas!"

Sim... é isto. Homem esperto este José Eduardo...

 

Sara: Bem... acho que por hoje chega... obrigada por tirarem estes minutos do vosso horário tão carregado para me responderem a estas perguntas...

Edu : Mas ele ainda escreveu mais algumas perguntas...

 

Sara: Fica para a próxima! Adeus!

música: Lily Allen - "Friend Of Mine"
sinto-me:
publicado por tuga9890 às 21:01
link | comentar | ver comentários (18) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.posts recentes

. Ainda se dão ao trabalho ...

. Para verem que não sou só...

. O Entrevistas de Sonho pr...

. Agora adoro o Chris Marti...

. Especial Inferno

. Oasis - "We Are Family"

. A primeira coisa verdadei...

. Rihanna- Por favor não po...

. Para os fãs [de Tokio Hot...

. 4Taste - "Uma banda?"

.arquivos

. Maio 2011

. Agosto 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub